fbpx
Conteúdo Gratuito em Nosso Canal do Youtube. Com 3 vídeos de SEO Toda Semana.
23 de fevereiro de 2024

Como Saber Quantos Acessos Tem um site com o Google Analytics?

CONTEÚDO DO POST

Afinal, como saber quantos acessos tem um site com o Google Analytics?

Seja por meio de uma busca orgânica no Google, links diretos ou por meio de anúncios pagos, compreender as vias de acesso pode ser crucial para o sucesso do seu site.

O Google Analytics é uma ferramenta poderosa que pode lhe fornecer essas informações valiosas, e neste artigo, vou guiá-lo por meio dos pontos chave para entender melhor o tráfego do seu site.

Veja este conteúdo também em vídeo:

Passo a passo de Como Saber Quantos Acessos Tem um site com o Google Analytics

Elaboramos um guia com passos básicos e pontos importantes para ficar de olho, como por exemplo:

  • Primeiros passos dentro da ferramenta
  • Análise de dados
  • No que focar?
  • Relatórios
  • Além do básico

Veja também como Saber Quantos Acessos Tem um Site Sem Ter Acesso a Ele?

Primeiros Passos com o Google Analytics

O primeiro passo para acessar essas informações é, obviamente, ter uma conta no Google Analytics configurada para o seu site.

Para isso, você pode visitar analytics.google.com e seguir os procedimentos de configuração.

Caso ainda não tenha feito isso, recomendo assistir a tutoriais de como instalar o Google Analytics em seu site WordPress, por exemplo, para garantir uma configuração correta.

Como Saber Quantos Acessos Tem o Meu Site com o Google Analytics (2)
Como Saber Quantos Acessos Tem o Meu Site com o Google Analytics?

Analisando os Dados

Uma vez configurado, o Google Analytics oferece uma visão geral dos dados de tráfego do seu site.

Na tela inicial, você pode visualizar os acessos dos últimos 12 meses ou ajustar para um período específico, o que é útil para entender o volume de tráfego ao longo do tempo.

Por exemplo, nos últimos 30 minutos, talvez você descubra que teve 9 usuários ativos em seu site (exemplo baseado no vídeo que está no topo deste artigo).

Pontos Principais para Foco

O Google Analytics é vasto e complexo, por isso, concentre-se nos aspectos mais importantes para uma análise rápida e eficiente.

Estamos interessados em descobrir como os visitantes chegam ao seu site, seja por meio de pesquisas pagas no Google, buscas orgânicas, anúncios no Facebook, entre outros.

Além disso, o Analytics permite filtrar dados por cidade ou país, fornecendo um nível de detalhe mais granular sobre seu público.

Relatórios de Aquisição de Tráfego

A seção de aquisição de tráfego é particularmente reveladora.

Aqui, você pode filtrar os dados por período, como o mês de janeiro, para obter insights sobre a origem dos visitantes.

O relatório mostra não apenas o volume de usuários, mas também como eles chegaram ao seu site: busca orgânica, vídeos, acessos diretos, referências e redes sociais orgânicas são algumas das categorias disponíveis.

Por exemplo, em janeiro, você pode descobrir que 6.331 usuários visitaram o seu site (exemplo do vídeo), com uma significativa parcela vindo de buscas orgânicas.

Como Saber Quantos Acessos Tem o Meu Site com o Google Analytics
Os dados do GA são indispensáveis para entender a real situação de um site.

Além do Básico

Além das métricas de tráfego padrão, o Google Analytics também permite rastrear eventos e conversões, como vendas de cursos ou cliques em botões específicos.

Essa funcionalidade é essencial para lojas virtuais ou sites institucionais que desejam monitorar ações específicas dos usuários.

O Google Analytics é uma ferramenta indispensável para qualquer proprietário de site que deseja entender melhor seu tráfego e otimizar sua estratégia online.

Com essas dicas básicas, você já pode começar a explorar a riqueza de dados oferecida.

E lembre-se, há muito mais para explorar, então fique atento para mais conteúdos sobre como aproveitar ao máximo o Google Analytics.

Não se esqueça de se inscrever e acompanhar nossos próximos artigos para mais insights valiosos sobre SEO e marketing digital.

Até a próxima!

Gostou? Compartilhe:
Comentários