Escola de SEO
18 de outubro de 2021

Qual a diferença das origens / mídia no Google Analytics

Entender a diferença da origem / mídia de tráfego no Google Analytics é de extrema importância para uma boa análise do setor de marketing digital da sua empresa.
CONTEÚDO DO POST
Gostou? Compartilhe
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram

Entender a diferença da origem / mídia de tráfego no Google Analytics é de extrema importância para uma boa análise do setor de marketing digital da sua empresa. Há basicamente quatro tipos de origem de mídia de acesso no Google Analytics, sendo, acessos diretos (direct), orgânicos (organic), links de referências (referral) e CPC (cost per click).

Conseguir compreender estes dados de origem de tráfego é tão, mais tão importante que o próprio dono da empresa precisa ter noção do que é a origem de tráfego do seu site nos relatórios do Google Analytics, pois somente desta maneira será possível entender como os usuário estão chegando até o seu site e se os investimentos em determinado canal no marketing digital está valendo a pena. 

Definição de Canal: quando menciono canal não estou me referindo diretamente a um canal de televisão, apesar que a ideia de canal tem total conexão :), canal de marketing é um meio de distribuição ou de transmissão de algo que nesse caso seria uma publicidade da sua empresa ou do seu produto e/ou serviço. Nos dias de hoje existem muitos canais de marketing, como por exemplo televisão, rádio, internet (redes sociais, marketing de conteúdo..), diversos canais de mídia offline e online.

Primeiro antes de explicar com mais detalhes sobre as origens de tráfego, é importante mostrar onde acessar as origens / mídia de tráfego no Google Analytics. Para acessar é muito simples, após logar no Google Analytics basta digitar a palavra origem na busca de relatórios e logo vai aparecer o relatório: Aquisição > Todo tráfego > Origem / Mídia.

GOOGLE ANALYTICS VERSÃO ANTIGA (GA3)

Relatório Origem Mídia Google Analytics
Relatório Origem Mídia Google Analytics

GOOGLE ANALYTICS VERSÃO NOVA (GA4)

Relatório de Origem Mídia Google Analytics GA4

Vamos à explicação detalhada de cada tipo de origem / mídia de tráfego no Google Analytics e para facilitar vou explicar na ordem que aparece o relatório abaixo, seguindo assim: organic, cpc, referral e none:

Exemplos de Origem Mídia do Google Analytics GA4
Exemplos de Origem Mídia do Google Analytics GA4

Qual é a origem dos acessos de Google / Organic?

Importante: No Google Analytics GA4 o relatório difere do Google Analytics GA3, portanto.

O acesso de origem Organic são os famosos resultados de vindos de busca gratuita, ou seja, o seu site aparece no Google por merecimento, porém esse merecimento depende de variáveis importantes como ter um site bem preparado para que o Google possa ler ele de forma correta e para isso é necessário que o site seja desenvolvido e pensado para SEO (Search Engine Optimization)

Mas não é só desenvolver o site pensado para SEO que vai posicionar um site. O marketing de conteúdo é de fundamental importância e fará com o que seu site esteja sempre atualizado, pois, o Google adora sites atualizados e fazendo essa junção de SEO e marketing de conteúdo, o seu site tem grandes chances de ter muitos acessos de origem Google / Organic.

Em outros momentos o Google Analytics irá mostrar a palavra Organic sem a palavra Google (no GA4 mostra apenas a escrita Organic para tudo), por exemplo, se o site tiver acesso através do buscador bing, irá aparecer Bing / Organic.

Na imagem abaixo um exemplo de onde aparece os resultados vindos de busca orgânica no buscador Google:

Origem Mídia no Google Analytics GA3
Origem Mídia no Google Analytics GA3
Origem Mídia no Google Analytics GA4
Origem Mídia no Google Analytics GA4

Qual é a origem de acessos de (direct) / (none)?

Os acessos diretos (direct) / (none) são acessos de origem diretas (ou none = nenhum / origem não definida), ou seja, um usuário que acessou o site foi até o navegador e colocou o endereço do seu site. Este tipo de acesso sempre vai acontecer quando o usuário já conhece a sua marca, ou ele viu alguma divulgação do seu endereço do site. Geralmente seus clientes atuais podem acabar entrando por acessos diretos (direct) / (none).

Qual é a origem de acessos de referral?

Referral na tradução literal teremos referência, por exemplo, o seu site recebe um link vindo de outro site, nesse caso se algum usuário acessar esse outro site e clicar no seu link, no Google Analytics vai contar como Referral e vai inclusive mostrar de qual site você obteve esse acesso de referência.

É comum ver também muito acesso referral vindo de Instagram, Facebok ou qualquer outra rede social que você esteja, conforme a imagem Origem Mídia no Google Analytics GA4.

É importante deixar registrado que para ter o melhor trabalho de SEO, quanto mais links externos apontando para o seu site (backlinks), melhor a chance de se posicionar no Google, veja este vídeo sobre o que são backlinks para entender melhor sobre isso.

Qual é a origem de acessos de google / cpc? 

Google / cpc ou Google / Cost per click são os famosos acessos derivados de custo por clique, ou seja, acessos através da ferramenta do Google Ads (ou adwords como era conhecido até pouco tempo atrás). Diferente dos acessos de Google / Organic, no Google / cpc é necessário pagar o Google para o site se destacar no topo das buscas. Entenda um pouco mais sobre diferença de Google Ads (cpc) e SEO (organic).

Para continuar aprendendo mais sobre SEO, veja estes artigos:

Como Colocar e Indexar um Site ou Página no Google?

Porque Minha Empresa Não Aparece no Google meu Negócio / Maps?

Conheça os Canais de Busca Orgânica no Google Analytics

Gostou? Compartilhe:
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Luciano Arthur Bublitz
Publicado por Luciano Arthur

Luciano iniciou sua carreira com desenvolvimento de sites aos 19 anos (2003) e atuou em mais de 1200 projetos de sites, Lojas Virtuais e SEO. Em meados de 2007 começou seus estudos em Marketing Digital com foco em posicionamento em Google e assim ajudou muitas empresas a ganharem milhares de acessos em seus sites. Atualmente é CEO da Vale da Web.